Por que muitas pessoas não gostam do Windows Phone?

Antigamente e nem tão antigamente assim, cada telefone carregava apenas o seu sistema operacional proprietário, criados em java pelas próprias Nokia, Samsung, Sony Ericsson e etc. Alguns, eram muitos bons, como o Symbian S60 (coisa mais linda) e os expertos e leves que vinham nos celulares da Sony.
Bom, mas isso tudo é passado e hoje sofremos ou somos felizes com o Android do Google, O Windows da Microsoft, o OS da Apple e ainda Mozilla, Linux e ainda o ASha, nos features phones da quase extinta Nokia.
Em termo de idade, o Windows Phone, apenas de uns 2 anos pra cá, 2015, é que está sendo melhor aceito. A demora do sucesso do Sistema Operacional se deu pela grande dominação da plataforma Android.
Rodando em telefones baratinhos, até em aparelhos top de linha, o Android é fácil de usar e milhares de aplicativos legais seduziram os consumidores. Coisa que a plataforma Windows começa a alcançar.

 

 
Mas por que será que muita gente não gosta do Windows phone?

 

Ora! Costumamos não gostar do que não conhecemos. De tão acostumados com a cara engraçadinha do Android, seus fartos aplicativos e mesmo travando depois das atualizações dos mesmos, ao nos depararmos com a simplicidade do Windows, gráficos objetivos e poucos efeitos de tela, aquilo tudo parece ser muito sem graça. E ponto! é apenas isso.
O Windows phone é bom?
Quem vos escreve já utilizou todos as plataformas para telefone celular disponíveis no Brasil. Do preto e branco a telas com milhões de cores, dos mais baratinhos aos mais caros e a minha opinião sobre o Windows… Sim é uma ótima opção e aparentemente não há defeitos. Exige menos memória que o Android para funcionar, ou seja, trava menos.
Em comparação com o que tenho na gaveta, meu Nokia 630, que nem é mais produzido, funciona bem melhor que meu Iphone 4, e custou muito menos.
Outros argumentos, mas câmera de um é melhor que outro, tela de um brilha mais e etc…São todos relativos. Perto dos celulares com Android, o Window Phone é mais novo. Já vi celulares Android que eram horríveis de usar, quanto ao Windows, um dos aparelhos de entrada era o Nokia 520, que você encontra funcionando perfeitamente por aí.
No fim de tudo, o Windows exige menos hardware para funcionar, e se colocarmos uma boa memória e um bom processador, ele vira só alegria. É simples como o OS da Apple e menos carregado que o Android da Google.
Contudo, a escolha é sua. 🙂

 

Um video do youtube, confira a dica do canal Ponto Geek
Anúncios

Cobertura – Brasília Tattoo Festival 2015

No último fim de semana ocorreu a segunda edição do Brasília Tattoo Festival. Em 2015, cerca de 150 expositores, além de bandas de rock fizeram do evento uma boa opção para se divertir e apreciar a arte produzida pelos tatuadores.
Bem organizado, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o Brasília Tattoo Festival estava completo. Facinho de chegar, bem no centro da Capital. Toda a família pode ir sem restrições. Além disso, em termos musicais, os shows contaram com apresentações de várias bandas locais. Entre elas, Bruto, Etno, Trampa e Os Corruptos. E também bandas de reconhecimento nacional, como o Dead Fish e Matanza.
Quem curte uma coisa ainda mais diferente, ao estilo medieval, pode dar uma espiada nas simulações de luta que ocorriam atrás dos estandes. Os participantes, devidamente caracterizados mostravam a tendência deste tipo de esporte.
Muitas pessoas aproveitaram a presença dos tatuadores para retocar, adaptar ou ainda inaugurar na pele a sua primeira tatuagem. Jovens e até idosos mais descolados exibiram as cores de suas tattoos pelo Centro de Convenções.
Para deixar a área completa, ainda haviam fliperamas, food trucks, venda de materiais para estúdios e um belo concurso de miss. Seguro, tranquilo e divertido o Brasília Tattoo Festival 2015 foi uma boa amostra dos talentos da área e uma excelente opção para quem queria saber mais sobre o mundo das tatuagens. O Rock DF agradece a produção do evento pelo acesso credenciado.

Uma boa surpresa! Assim é a reação da primeira vez no Dolce Far Niente em Águas Claras

A casa preparou uma degustação especial para os colegas de imprensa
No último dia 3, eu e mais alguns colegas de imprensa, fomos convidados para conhecer o novo menu italiano para almoço que foi repaginado pelos chefes da casa Lídia Nasser e Fernando Souza.
Apesar do lançamento e para a felicidade dos clientes mais assíduos, permanecem ainda disponíveis para pedido cerca de 11 opções, as de maior sucesso do menu anterior. E vamos ao nosso almoço especial na Dolce Far Niente;
Mix de folhas perfeito Salada a Moda do Chef
De entrada, uma salada bem leve e muita agradável, graças a boa combinação dos elementos, uma variedade de folhas nobres, gorgonzola, pera e mel. É a Salada a Moda do Chef, ótima para acalmar a correria comum do horário de almoço.
A Bruschetta Pizzaiola
Após e para abrir caminho, a Bruschetta Pizzaiola, deliciosas fatias de baguete italiana com molho pomodri, orégano e muçarela. Tudo gratinado no forno a lenha. Perfeito para o nosso pós-salada!
Leveza para começar o almoço! Talharim Mediterrâmeo
Logo em seguida começam as massas! E que massas… O Talharim Mediterrâneo, temperado com alho-poró, tomate cereja, manjericão, aspargos ao azeite e azeitona preta é um sucesso de sabor.
Muito bom! O Risoto com Lascas de Bacalhau aos 3 pimentões
E como, na minha opinião não pode faltar, um risoto. Um dos meus pratos prediletos, e o da Dolce Far Niente não decepciona em nada. Lascas de Bacalhau aos três pimentões e a boa apresentação alegram os olhos e principalmente o paladar.
Para completar, o Ravióli de Ossobuco ao molho funghi é uma delícia. A leveza é muito importante, principalmente pelo clima seco no Distrito Federal, e uma refeição leve e saborosa é uma boa pedida para quem ainda teria uma tarde toda de trabalho pela frente.
Opa! E o doce Jeff? Assim alguns me diriam… Sim povo, teve um linda sobremesa. Panna Cotta de Limão Siciliano e calda de frutas vermelhas. É de comer e pedir bis! Fecha com chave de ouro e cor a hora do almoço.
Bonito de ver e comer!
Eu agradeço as meninas da Assessoria Naiobe, Evelin e Naiobe pelo convite e também aos chefes da Dolce Far Niente pela receptividade da casa. Falar em casa, o espaço é aconchegante e sem congestionamentos internos. Mesmo perto de uma via movimentada o barulho da não perturba o seu almoço. Existe ainda uma boa variedade de vinhos, que sempre são ótimas opções para acompanhar os pratos.
Boas opções de vinhos, inclusive o que acompanhou a nossa degustação.
Espaço confortável e aconchegante em Águas Claras
O almoço é servido de sexta a domingo, das 11:30hs às 16h. O cardápio é composto por porções individuais. A noite, de terça a domingo você pode saborear uma variedade de pizzas. Para quem precisar, há manobrista por conta da casa.
Onde?
A Dolce Far Niente fica na Avenida Castanheiras, 1060.
Edifício Vila Mall – Águas Claras.
Telefone: 61 3254 2263

Agnelo | Ex governador afirma que sua gestão ainda será reconhecida… Que coisa ein!

Sem dúvida existem muitos malucos em Brasília, eu até me considero meio maluco, mas no meio político um recordista histórico é o graças a Deus, ex governador Agnelo Queiroz.
Depois das suas férias e de atestados prolongados, passeios por Miami e etc, a criatura voltou ao DF para dar explicações sobre o caos que era a sua gestão. Todos somos testemunhas dos rombos que vão desde o escandaloso Estádio Nacional até a falta de pagamento de servidores da saúde, lembrando que Agnelo é médico, e o mais clássico, o matagal que crescia por toda a cidade.
Cheio de assessores e pilhas de papel com números, Agnelo chega para tentar se explicar e afirma que fez um bom governo. Ora! Ora! Agnelinho, foi tão bom, que a população não quer te ver nem banhado a ouro. Veja na matéria do Correio
Mesmo assim, Agnelo afirma que um dia “O seu governo ainda será reconhecido”…Uai e já foi, o Governo Agnelo é reconhecido oficialmente como um dos piores que já tivemos. E devemos lembrar que a zona não era só no Gabinete do Governador. Se fizeram de cegos e deixaram muita coisa ruim acontecer, a nossa Câmara Legislativa, o Tribunal de Contas entre outros, que deveriam estar reprimindo o caos e que só vieram se manifestar depois que o governo do Agnelinho acabou.

Bora tomar vergonha pessoal! Pra frente Brasília!

Jeff Lima DF

Alienware 18 – Um monstro de notebook

Ahh como eu queria ter algum saldo na conta bancária! Um bichão desse aí ia me ajudar muito…mesmo eu não utilizando ele para jogos! O novo modelo da Alienware é um montro em tamanho e também em suas configurações. Confira;
“A empresa anunciou, na última quarta-feira (19), o Alienware 18, que foi construído com um “foco claro na perfomance, na confiabilidade e no design icônico”. A intenção da companhia é entregar aos gamers um dos computadores portáteis mais poderosos da atualidade.
O Alienware 18 dará a possibilidade dos clientes escolherem entre duas opções de GPU: uma dual NVIDIA 970M ou ainda uma dual NVIDIA 980M. Para complementar, a CPU estará composta de um processador da quarta geração da Intel K-series.
A tela será de 18 polegadas, e o modelo poderá ser expandido para ter até 32 GB de memória RAM e quatro discos rígidos. Os preços serão variáveis. O modelo mais simples do Alienware 18 custará US$ 2,599 mil (cerca de R$ 8,9 mil em conversão atual), enquanto o modelo top de linha chegará a US$ 4,7 mil (ultrapassando R$ 16,2 mil na mesma conversão).”

Apesar do anúncio, a Alienware não detalhou uma data oficial de lançamento para o Alienware 18. Mas já foi suficiente para você desejar um?

Especificações técnicas (modelo Top)

   – Processador: Intel Core i7-4940MX de quarta-geração
   – Quantidade de cores: 4
   – Cache: 8 MB
   – Clock máximo: 4,4 GHz (Boost)
   – Memória RAM: 32 GB
   – Clock de memória: 1.600 MHz
   – HD: 1 TB
   – SSD: 512 GB
   – Drive óptico: Gravador de DVD
   – Wi-Fi: 802.11ac
   – Bateria: 8 células
   – Dimensões: 45,65 cm x 32,48 cm
   – Espessura: 5,67 cm
   – Peso: 5,472 Kg

Fonte: Tecmundo / DELL

UBER – A polêmica continua em Brasília, mas Rollemberg veta projeto proibitivo

Muitas pessoas são resistentes a mudanças, mas devemos concordar que mudanças são necessárias para a evolução. Quando falamos em serviços de utilidade então…a coisa fica ainda mais interessante.
A polêmica da vez é a briga da classe dos taxistas de Brasília contra os motoristas do serviço UBER. Devemos admitir que o transporte na Capital não é lá essas coisas, e quanto mais opções o consumidor tiver, mais fácil será o deslocamento por dentro da cidade.
Com um medo enorme da concorrência, pois sabem das suas taxas absurdas e em muitas vezes um serviço mediano, os taxistas estão lutando para serem os únicos a dominar o mercado em transporte feito por carros no DF. Toda essa briga, que mostra a ignorância de alguns taxistas brasilienses ao ameaçar pessoas e amedrontar passageiros em carros do Uber, prova que é mais que necessária uma qualidade maior de serviço.
Para começar o Uber não é um tipo de transporte público, como os táxis. Para usar os carros, todos que usam o aplicativo se associam, cadastram os seus dados, tudo certinho, quase como se fosse um clube.
O serviço normal de táxi difere disso, pois é um transporte público! O Uber é privado e acionado por demanda dos associados. Como o brasileiro adora uma bagunça…agride, reclama e manifesta ao ponto de presenciarmos as cenas de desrespeito com as pessoas que também estão tentando trabalhar e aos seus clientes.
Outra história e o caso do faturamento. Os táxis de brasília estão em baixa e o sindicato reclama do financeiro. Segundo eles, estão ganhando muito menos que em anos anteriores e com a chegada do Uber seriam muito prejudicados. Para resolver basta colocar as tarifas mais competitivas, melhor a qualidade do serviço e principalmente da EDUCAÇÃO dos condutores. Andamos tendo uma amostra do quão educados alguns são.
Em muitas cidades os dois serviços coexistem, o que é um respeito ao consumidor. Quanto mais concorrência, melhores opções e oportunidades de inovação em qualquer serviço. Brasília é moderna, deve ter serviços modernos e não parar no tempo se negando a evolução, no caso, dos transportes.
Parabenizo ao governador Rodrigo Rollemberg por vetar o projeto que proíbe os carros do Uber no DF. Agora ele está montando uma turma para adequar o serviços para a regularização. Apesar dos poucos que são contra o serviço do aplicativo, os brasilienses estão se mostrando a favor do Uber, através de entrevistas na Tv e principalmente nas Redes Sociais.
Que o Governo de Brasília ouça a opinião do consumidor e trabalhe para a melhor solução possível para a existência dos dois serviços na cidade.
Jeff Lima (Coluna do Jeff)

Câmara Legislativa | Na falta do que fazer aprovam projeto que reserva vagas exclusivas para advogados em órgãos públicos.

Às vezes me impressiono com algumas coisas que acontecem em Brasília. Como pode uma cidade tão moderna possuir uma Câmara Legislativa cheia de deputados sem noção. Ao invés de trabalharem para a sociedade em geral, cumprir toda aquela balela que usuram para iludir o povo e ganhar voto, eles se sentam para pensar na próxima medida ridícula que vão aprovar.
Quando vai chegando um período de férias então, eles ficam maluquinhos para votar logo e nem se importam com a atenção que deveriam dar as pautas em questão.
Uma das últimas foi um projeto que prevê vagas exclusivas para advogados em estacionamentos de órgãos públicos. Esta bizarrice foi proposta pelo Deputado Agaciel Maia e foi votada pelos outros coleguinhas de casa.
Brasília já tem um problema grave de vagas em qualquer estacionamento. Reservar vagas para uma categoria específica não é solução e só vai agravar a situação. Um dos pontos propostos é que isso agilizaria o trabalho dos advogados, ao chegar com seus processos nas repartições beneficiando o cliente.
Não estou querendo desvalorizar qualquer categoria, mas dar exclusividade não é justo! Médicos, enfermeiros, babás, dentistas e muitos outros profissionais são importantes, já pensou se a moda pega e começam a fatiar estacionamentos para cada categoria?
A OAB aprova a ideia! Ora, mais claro que vão aprovar, eles são da categoria beneficiada!
A Câmara Legislativa deveria se ocupar em buscar soluções e não em projetinhos que beneficiam alguns e esquecem o resto. Estacionamento é direito de todos! E os carros especiais, que realmente são importantes (Bombeiros, Ambulâncias, Serviços Básicos de manutenção) já tem vaga prevista e sinalizada pelas normas de trânsito.
VAMOS TRABALHAR DE VERDADE E PARAR DE FAZER BESTEIRAS! Os deputados devem honrar o seus compromissos com o DF.

DF | Gravação revela jogo de interesses e deputados querem minimizar o assunto

A área da política no Brasil já é uma coisa que decepciona e muito os cidadãos. E quando isso ocorre dentro do nosso quintal, vemos que tudo pode ser ainda pior.
Vazou na internet estes dias, um áudio de uma conversa que foi realizada em maio no Gabinete do Governador. Nela os envolvidos estão discutindo a divisão de cargos, apoio e troca de favores. No trecho bem cínico da conversa, o Deputado Juarezão, fala sobre ter um cargo ou poder colocar alguém e em outro a Presidente da Câmara Celina Leão fala da necessidade de ter algum deputado alí coladinho na base e etc. O que nos leva claramente a entender que as coisas no DF não andam porque cada Deputado quer uma fatia na frente do Governo, cargos de puro interesse ou próprio favorecimento, pois parecem que não estão contentes em terem sido “eleitos” apenas para legislar.
A ganância é tanta para ter um pouco a mais que eles esquecem de trabalhar. Como a relação entre a câmara e o Governo de Brasília não vai bem, a turma adia votações importantes e derruba outras. Leis ou emendas como a que previa a redução de Secretarias. Coisa que seria boa para o geral, mais para aqueles 20 poucos que foram eleitos para defender nosso interesse, não é bom. E o povo oh…!
O que provoca ainda mais meu aborrecimento, é a cara cínica dos deputados quando vão falar do caso e ainda a atitude sem vergonha de desviar todo o assunto, que é muito grave, apenas para a questão do “vazamento” do áudio e não do seu “conteúdo“.
Querem se fingir de santos e desviarem do real problema. O corrupção e o jogo de interesses é alto dentro do DF. Principalmente ali na Câmara. A mania de querer mais e mais e esquecer de trabalhar no que realmente importa.
Eu espero que quem gravou o áudio libere ainda mais. Chega de tanta canalhice!
Jeff Lima / Coluna do Jeff

Cinema – Assisti Jurassic World!

No último dia 11 de junho, pude realizar um dos meus sonhos de infância; assistir um filme de Jurassic Park em tela grande nos cinemas. Já assisti todos os anteriores umas 50 vezes cada, mas só no DVD.
Bom, a expectativa era muito alta, pois o Jurassic Park 3 (2001) tinha sido uma continuação muito fraca. Logo no começo, ao apagar das luzes e o início da nova trilha, com o logo da Universal, confesso que quase escorreu uma lágrima do olho. (kkk) exageros a parte, o filme começa bem simples, como uma família que envia os filhos para visitar o “Jurassic World”, onde a tia deles trabalha.

O novo park é lindo, ultra moderno e caro. Os visuais são incríveis, mas o filme não mostra o mostra muito. As cenas se resumem praça central de visitantes, alguns laboratórios, sala de controle, heliporto, gaiola, monotrilho e os prédios hoteleiros, que aparecem sempre de longe.
O principal problema é a fuga do “item” novo dinossauro, que sai da sua área com inteligencia e começa a matar tudo que encontra pela frente. O novo bicho, criado pelo Dr. Wu, é uma misturas de várias espécies de DNA, e consegue até mesmo mudar de cor, dentre outras habilidades.

Masss neste filme acontece algo bem legal, existe uma visita ao antigo park, de Jurassic park 1. Não de propósito, mas por acidente, quando os irmãos estão fugindo do “Dinossauro modificado”. Esse é um dos momentos mais nostálgicos, pois se reconhece o local a partir da porta do antigo “Centro de Visitantes” do primeiro filme. Apesar do mato, até mesmo a faixa que caiu do teto em Jurassic Park 1, ainda estava no chão. Em meio ao abandono os garotos encontram uma garagem com 2 Jeep Wrangler Saara de 1992/93, originais do primeiro filme. Coisa mais linda do mundo esses carros! Anotado que é um dos meus sonhos ter um igual e com a mesma pintura!
Os meninos conseguem fazer funcionar um deles e os usam para fugir de volta para uma área segura.
Muita ação nas cenas com os Velociraptores, que estão em processo de adestramento. Eles ajudam a encontrar a fera que está solta e tem uma boa participação no filme. Aparecem dinossauros que nunca foram vistos nos outros filmes da franquia, como o Mosassauro (ou coisa parecida) um gigante aquático. Um passeio com dinossauros bebes para as crianças e uma das cenas mais ridículas, que é o show para alimentação do Tiranossauro Rex, com um bode e um sinalizador para chamar a atenção.

Os veículos, como nos Jurassic Park 1 e 2, são um show a parte. Em Jurassic World são da Mercedes. Neste filme eles são menos enfeitados, mas combinam bem com as cenas. De futurista mesmo só a Girosfera, uma bola de vidro usada para passeios entre os animais soltos. Uma delas é inclusive destruída pelo Indominus, o dinossauro que está a solta.

Jurassic World não tem o clima tão sombrio como os trailers mostravam, na verdade tudo se passa rápido e com muita ação. Há tiros, explosões e bichos atacando por todo lado. É um filme novo, que dos anteriores só traz o contexto histórico e algumas lembranças. O clima é totalmente diferente, é animado e jovial, visto que o park está em pleno funcionamento.
A trilha sonora é muito boa, tem novas melodias e acordes, fortes até e alguns traços da música clássica dos filmes Jurassic Park, que é inesquecível. Porém em alguns momentos ela parece estar mais rápida que a cena, mas isso não chega a detonar o filme.
Os personagens não tem profundidade no longa, nenhum deles, todos com problemas pessoais típicos ou ganância ou loucura pelo trabalho. O Masrani, dono do Park tem um espirito aventureiro mas seu fim…kkk não vou contar. Os principais são bem objetivos em suas ações. não se vê muita emoção em nenhum deles, apenas o garotinho que chora uma vez.
Os efeitos especiais são bons, mas na minha vista, achei que em alguns momentos as coisas ficaram artificiais demais. Existem muitos momentos cômicos. herança do diretor que fez uma comédia antes de trabalhar em Jurassic World, algumas piadas a gente vê em todos os 3 filmes anteriores, mas acho que nesse, elas foram um pouco exageradas ou sem necessidade.
Enfim, não vou contar o final, nem mesmo sei se gostei mesmo do filme (preciso assistir de novo). Mas é um bom filme, com muita ação e muito legal para as famílias assistirem juntas. Ele pode ser o primeiro filme para muitas crianças que não viram os anteriores. Fala-se em uma sequência!
Mesmo sem a minha opinião formada, Jurassic World já é sucesso  e bateu o recorde de estréia de Os Vingadores 2, passando dos 208 milhões de dólares.

Até a próxima!

Jeff na Web

Tecnologia | Vamos falar de TV Digital

Olá amigo leitor! Demorei mais estou de volta e com um assunto muito legal.

A TV Digital ou DTV está avançando de forma rápida por todo o território nacional. Trata-se de uma tecnologia que não é nova, apenas demorou a chegar no Brasil e que melhora e muito a qualidade de som e imagem.
O padrão de TV digital brasileiro é o mesmo padrão usado no Japão. Essa escolha foi feita depois de uma avaliação da capacidade de transmissão, operação de equipamentos e a facilidade para implantação. Além disso, vale ressaltar que é um dos melhores padrões do mundo em termos de TV Digital.
O que se ganha?
Lembra da época em que você tinha que sair para ficar rodando a antena de um lado para o outro, esperando uma imagem boa para ver a novela e o futebol? Isso não existe mais, chega de ficar gritando “Ta bom?!” no quintal de casa.
O Sinal Digital é muito superior e varia em qualidades HD e FullHD e ainda SDTV, além da possibilidade de rádios. Para não complicar, HD é a a qualidade de alta definição, FullHD é a alta definição melhorada com mais linhas para imagem e SDTV é quando transmitem programas e filmes que foram produzidos no formato analógico através do Sinal Digital. Geralmente a tela apresentada fica menor ou a qualidade da imagem piora nesses casos. Atenção, piora a qualidade da imagem do programa transmitido e não a do Sinal Digital.
Ainda haverá a INTERATIVIDADE com o conteúdo transmitido, mais isso ainda é pouco explorado ficando no básico, lista de canais, horário e agendamento.
Com o sinal digital não há mais chuviscos ou fantasmas e a qualidade de som e imagem chega a ser superior a de muitas TVs pagas.
Interferências?
Pode haver, mas são muito raras devido a qualidade do sinal. Contudo elas geralmente são falta de sincronia entre som e imagem, travamentos ou ainda queda de sinal. No entanto todas essas são muito difíceis de acontecer.
Se você estiver em uma região onde ja exista o sinal digital, você vai pegar tranquilamente os canais da sua região, desde que eles estejam transmitindo o sinal. Senão o jeito é usar a antena antiga!
Pode ser que mesmo em uma localidade onde ja exista a transmissão você pegue apenas um, dois ou poucos canais. Isso ocorre devido a posição da sua antena que pode está errada, pela ausência de mais canais digitais sendo transmitidos ou posição baixa da antena.
Aqui no DF, o sinal ja existe mais só consigo assistir os principais, Globo, SBT, Record, Câmara, Senado, Rede Vida (se não me engano) a TV Local (Tv Brasília e Band) não consigo sintonizar.
Vale lembrar que nem todas as Tvs ainda estão aptas a transmitir no formato digital, por isso sua programação só aparece no modo analógico. Masssssss devagarzinho isso está mudando.

Preciso ter uma tv moderna e bonitona pra assistir a TV Digital?

Não dona Maria! Não precisa.
Você pode ter a qualidade superior da TV Digital em qualquer aparelho de TV, moderno, que já vem com receptor/conversos embutido ou antiga, aquele caixão grande e pesado que é horrível de carregar. Nesse caso, você precisa ligar um Receptor de TV Digital nas entradas de vídeo componente (iguais aquelas que usamos para conectar DVD).
IMPORTANTE!
Para qualquer TV, seja nova ou velha você vai precisar ter uma antena UHF. Sem essa anteninha não tem graça e você não vai pegar o sinal digital. O preço dos equipamentos, Receptor para TV Digital e Antena UHF são bem acessíveis e só mais uma coisa, o sinal é grátis, você não paga nada para assistir, basta ter o equipamento.