Juntos, Blogueiros de Brasília atingem mais de 1 milhão de brasilienses

Na última terça-feira, 27 de janeiro, a coordenação do Movimento dos Blogueiros de Brasília, se reuniu na sede da Social Play, no Ed. Executive Office Tower, área central de Brasília, para debater a importância das ações pontuais de 2015, o calendário de eventos, as reuniões com entidades e agentes públicos do Distrito Federal.
Na pauta, os Blogueiros de Brasília, que é composto por jornalistas e não jornalistas, avaliaram as ações e a importância do movimento social.
Em suma, o trabalho foi compartilhado, com várias diretorias, que deste mês em diante, seguem com o desafio de aproximar o trabalho dos ‘Blogs de Brasília’, com a classe empresarial, comercial e com o governo em geral.
Desde o início, o Movimento dos Blogueiros de Brasília, move mais de 100 blogs no DF. Na reunião, só com os novos dirigentes do grupo, que tem o intuito de socializar e projetar a importância destes empreendedores, há ações que já começam a sair do papel nos próximos meses. E, somente quem está ativamente no Movimento dos Blogueiros de Brasília – MBB, estará incluso nas ações.
Na visão do MBB, que é social e plural, cada blogueiro tem sua linha editorial é independente. “Só os blogs ativos de Brasília, mais de 100, atingem um terço da população de Brasília, 1 milhão de acessos. E, claro, o trabalho da blogosfera, em união, é de intuito social e colaborativo. Mas, é preciso maior valorização destes profissionais que colaboram com a informação em tempo real na blogosfera brasiliense”, destaca Eldo Gomes, da coordenação geral.

> Saiba mais

Participe do Facebook: https://www.facebook.com/groups/blogueirosdebrasilia/?fref=ts

Entre para o WhatsApp: (61) 8474-4169

Faça contato: BlogueirosDF@gmail.com

Divulgue nosso site oficial: http://culturadigital.br/movimentodosblogueirosdebrasilia/

Anúncios

Música – Ouça Maysa!

De vez em quanto, baixa um velhote em mim e descubro o gosto por algumas relíquias da música brasileira. Desta vez, o pescoço é o da Maysa…”Meu mundo caiu…laralá lá
Maysa Figueira Monjardim ou Maysa Matarazzo, foi uma cantora brasileira, que nasceu em 1936 e viu as luzes apagarem depois de fatal um acidente na Ponte Rio-Niterói em 1977. Antes disso, Maysa passou por várias fases em sua carreira. Ela foi de moça de talento até atração internacional, com apresentações em teatros e Tvs de vários países.
Sua carreira começou ainda nos anos 50, neste período ainda estava casada com André Matarazzo mas se separam devido as brigas e o interesse de Maysa seguir como cantora.
Ela era decidida, polêmica, gostava muito de tomar umas e se divertir, mas sofria as escondidas com amores e relacionamentos. O que me atrai em Maysa é o seu jeito dramático, tanto na interpretação como no timbre de voz. Havia uma melancolia hipnotizante, empurrada pelo olhar meio verde, meio azul e porque não dizer sedutor.
Maysa era radical em algumas letras (Como em Demais e Meu Mundo Caiu) minhas preferidas. Mas voz, letras e atuação casavam perfeitamente. Maysa não tinha uma voz doce, como algumas cantoras brasileiras da época. Ela puxava para o lado pesado, nebuloso o que eu considero muito moderno para a época. Acho até que ela daria uma ótima cantora de rock!
Na década de 60 e início da de 70 ela viajou o mundo, levou seu talento a Espanha, Nova York, Paris, gravou discos de estúdio, apresentações ao vivo e programas de Tv. Ela foi a primeira cantora brasileira a se apresentar no Japão.
Maysa era uma combinação explosiva de talento e vida. Abaixo deixo como convite, alguns vídeos para você recordar ou conhecer o trabalho dela.
Uma das minha favoritas “Meu mundo Caiu”

 A bela interpretação
 Depois que começou a se aventurar na Bossa Nova, vídeo de um programa de TV.
Jeff Lima

Ceilândia – Rodrigo Rollemberg quer dividir a RA em duas | A população diz NÃO!

Amigos leitores, fiquei estarrecido e porque não dizer, impressionado, com uma das últimas notícias a respeito administração do DF, comandado agora pelo Governador Rodrigo Rollemberg.
Poucos dias atrás ele anunciou a lista dos administradores para cada Região Administrativa (RA) e a mesma surpreendeu a muitos por conservar características retrógradas, como a escolha de administradores que não moram na respectiva região a que foram designados.
Sabemos que isso aí nem surpresa, pois atrás de qualquer decisão no meio político, existe um jogo de interesse que favorece alguém ou alguma coisa. Mas este post é para demonstrar a minha indignação com a insanidade da divisão da RA de Ceilândia.
Ceilândia é uma das maiores e mais populosas cidades satélites do DF. Mesmo contendo grande parte dos eleitores, a região convive com descasos, serviços públicos deficientes e infra estrutura defasada em muitas quadras. No entanto, a população de Ceilândia é repleta de gente do bem, trabalhadores que ajudam Brasília a funcionar e principalmente na geração de renda e arrecadação, devido ao forte comércio.
Por algum  motivo, não sei com que palavra eu poderia classificar (só penso em insanidade, para não descer muito o nível), Rodrigo Rollemberg teve a ideia de dividir a cidade em duas, Ceilândia e Ceilândia Norte. A grande pergunta é “PRA QUÊ?” e “PORQUÊ?”.
Com toda certeza existe algo por trás disto ou pode ser uma coisa ainda pior. Rollemberg pode estar dando sinais de que não sabe muito bem o que fazer no cargo que ocupa. Talvez queira “mostrar serviço” e esteja começando a dar tiros no próprio pé.
Estou na Ceilândia desde que cheguei ao DF em 1995, fui criado, estudei e ainda resido nessa cidade. Afirmo para vocês que nunca pude sentir de verdade a ação ou o trabalho de qualquer administrador. Obras de verdade só ví em anos próximos aos de eleição. Ceilândia, apesar de sua importância comercial e grande quantidade de moradores, se desenvolve muito lentamente e grande obras demoram a chegar. Não é preciso de 2 administradores, 1 trabalhando direito ajudaria muito.
Rodrigo Rollemberg deveria se preocupar mais em resolver os problemas herdados do Governo Agnelo, que não são poucos, ao tentar criar mais um cargo de administrador para uma cidade tão cobiçada. Mesmo que ele enxugue a quantidade de administradores, dividir uma cidade para dois é no mínimo curioso, e na minha humilde opinião de cidadão que mora em Ceilândia é insanidade.
Mas, e como todo mas… esperamos alguma reação por parte da Câmara Legislativa e principalmente que ouçam a população ceilandense que já está se mobilizando para protestos e ações contra a divisão da cidade.
Abraço grande!
Original na Coluna do Jeff no LINK

Faltam 6 passos para o homem ir até Marte

São seis os passos, de acordo com a Boeing, necessários para empreender uma missão tripulada de ida e volta a Marte.
Além da Orion (nave espacial) e do foguete SLS (Space Launch System) para levar a cápsula, haveria a necessidade de um transportador solar, uma cápsula-habitat para a tripulação, um “lander” (para fazer o pouso) e também um pequeno foguete para impulsionar a cápsula para fora de Marte para o retorno da tripulação para a Terra. A Boeing é a empresa responsável pelo desenvolvimento do foguete SLS. Em 20 anos, a NASA finalmente lançará uma missão tripulada a Marte. Atualmente, o Orion e o foguete SLS estão em construção.
No vídeo abaixo, o diretor Michael Raftery explica que o reboque será indispensável para transportar a nave Orion e o resto dos equipamentos até a órbita de Marte, impulsionado por painéis solares e energia iônica. “Hoje, em alguma sala de aula, existe uma pessoa entre 10 e 20 anos de idade que será a primeira colocar os pés em Marte. E é emocionante pensar como será a vida dessa pessoa”, afirmou Raftery. Ele acrescenta que para chegar a Marte será necessário em torno de seis a sete meses e é preciso aproveitar uma janela de aproximação entre a Terra e Marte que só ocorre a cada dois anos. Ou seja, uma vez lançada a missão humana a Marte, ela só poderá retornar dois anos depois.

No vídeo abaixo, saiba o que realmente resta para a humanidade pisar em Marte:

Fonte:RT

Nesta sexta-feira ‘Blogueiros de Brasília’ se reúnem na Associação Comercial do DF

blogueiros de brasília jeff na web post

 

Na próxima sexta-feira, 16 de janeiro, o Movimento Social ‘Blogueiros de Brasília’ se reúne na sede da Associação Comercial do Distrito Federal – ACDF, que será palco da votação das 7 ações do grupo para o ano de 2015. O evento começa às 18h30 e é aberto aos blogs do DF.

Atuante desde 2011 em Brasília, o Movimento dos Blogueiros de Brasília – MBB, é responsável por realizar: Café com Blogueiros, Encontro de Blogs em Brasília, Reunião Coletiva de Blogs para eventos da área, Seminários, Bate papo com Empresários, Ter lutado em prol do PELO 51/2014, na CLDF e outras ações com os profissionais da imprensa online. Atualmente, mais de 150 blogs são cadastrados no movimento, que é aberto a todos os blogs do DF.

O MBB é coordenado pelo jornalista Eldo Gomes, com Fernando Fidelis e Kelly Brasil. Nesta plenária, decidirão novos diretores pro movimento, que tem como principal objetivo discutir o trabalho da mídia online em Brasília e agir em prol do coletivo.

Em linhas gerais, o conceito de movimento social se refere à ação coletiva de um grupo organizado que objetiva alcançar mudanças sociais por meio do embate político, conforme seus valores e ideologias dentro de uma determinada sociedade e de um contexto específicos, permeados por tensões sociais.

O movimento é aberto para jornalistas, formadores de opinião, influenciadores digitais, editores de sites/portais e profissionais da mídia online em geral.

Para começar os trabalhos foi criado um grupo dos ‘Blogueiros de Brasília’ no WhatsApp e há um grupo, já existente, no Facebook.


 

Serviço:

1ª Plenária de 2015 dos Blogueiros de Brasília
Dia 16 de janeiro, sexta-feira.
Horário: 18h30.
Endereço: SCS Qd. 02 Bl. B Ed. Palácio do Comércio 1º andar
Informações: (61) 8181-6712 / 9216-6262
Email: blogueirosdf@gmail.com
Site: http://culturadigital.br/movimentodosblogueirosdebrasilia/

SUPERQUADRAS – O mais novo documentário sobre Brasília

Brasília para sempre moderna!

Esse bem que poderia ser um dos slogans da nossa Capital, que desde a concepção do seu projeto inovou em planejamento urbano e arquitetura. O melhor exemplo é uma característica muito particular que faz parte da vida dos brasilienses, as “Superquadras”.
A modernidade expressa na concepção das Superquadras é exemplo de harmonia e qualidade de vida. Os blocos de apartamentos erguidos de forma a facilitar o caminhar, a convivência e a proximidade com o comércio local resultaram num bonito visual, praticidade e exclusividade para os moradores.
Para apresentar melhor essa inovação, que apesar da idade continua sendo uma amostra real de organização e convivência, os diretores Mário Salimon e Marcelo Feijó produziram o documentário SUPERQUADRAS. O vídeo ilustra muito bem a novidade da época através de depoimentos de arquitetos, moradores e pessoas que conheceram ou vivem na Capital, além de imagens e vídeos da época.

Vem para esse passeio na história de Brasília!

Ficha técnica:
Direção: Mário Salimon e Marcelo Feijó
Fotografia: Mário Salimon, Marcelo Feijó e Adriano Salimon
Montagem: Adriano Salimon
Gestão: GRV Mídia e Entreteninmento
Ano: 2014

Infanto – Console brasileiro com 6 mil jogos pirateados

Que bonito ein! Olhem aí que legal! Seria ainda mais legal se o mais novo console brasileiro não tivesse em sua memória jogos pirateados.
Estamos falando do Infanto. O aparelhinho é pequeno e pode ser conectado em uma TV de alta definição através de conexão HDMI. Ele tem entrada para dois controles que são iguais aos modelos Dualshock do Playstation.
O Infanto oferece nada menos que 6 MIL jogos! Todos são roms de sucesso que você concerteza ja jogou através de um Sega ou Super Nintendo.
Confira abaixo os sistemas que o console oferece:
    – Atari 2600
    – Game Boy
    – Game Boy Color
    – Mame: Fliperama: Arcade
    – Capcom: Fliperama: Arcade
    – Sega Master System
    – Sega Genesis (Megadrive)
    – Neo Geo
    – Nintendo
    – Super Nintendo
    – TurboGrafx-16
Apesar do contra ponto da pirataria eu, e tenho certeza que muita gente, adoraria tem um aparelho destes em casa. Muitos joguinhos da época do CARTUCHO ainda são muito bons e divertidos. Se alguém quiser me dar um Infanto de presente eu aceito.
Como comprar: O console só é vendido através da internet, em sites como o Mercado Livre. Em uma busca rápida você encontra o Infanto por volta de R$ 600.
Confira o vídeo abaixo:

Feliz Ano Novo! Adeus Agnelo!

image

Acabou 2014 e acabou também um dos governos mais irresponsáveis que Brasília ja teve em toda a sua história.
Agnelo Queiroz, que comandou o GDF com as mãos tortas, foi incapaz de gerenciar com sucesso os setores públicos do Distrito Federal. A Capital Nacional foi ridicularizada várias vezes em rede nacional pelos escândalos, greves nos transportes, greves na saúde, na educação e na segurança. Os últimos anos de governo foram marcados pela subida no nível de criminalidade, mascarado pela Secretaria de Segurança e assessoria do GDF. A saúde (e olha que Agnelo é médico) se tornou um caos, chegando ao ponto de faltar remédio e equipamentos na rede pública.

Nos últimos meses do ano Brasília se tornou a capital do mato, da sujeira e essa situação foi acompanhada pelos rombos monetários.
O dinheiro sumiu, servidores públicos ficaram sem pagamento, créches fecharam e faltou até comida em hospitais.

Foi tudo muito grave. Agnelo, com uma cara de bode, soltou esses dias que havia pago todos os servidores, eu conheço alguns que nunca receberam. Promessas não cumpridas, obras inacabadas e mal uso do dinheiro público foram as marcas do governo Agnelo.

A burrice no comando é tanta, que para realizar a festa de Reveillón na Esplanada, o GDF desviou fundos da Educação e Limpeza pública. As lixeiras estão cheias por toda a cidade, o que evidencia a falta de zelo com todo o DF.

Se fosse uma novela, a falta de pulso, de estratégia e organização dariam uma boa comédia, pois um drama ja seria demais para a população aguentar.
Digamos amém ao fim da canalhice que foi o governo Agnelo. Pouquíssimas mudanças em meio ao mar de desperdícios e descontroles. Eu vou torcer e muito para a abertura de uma investigação em todas as contas do governo que acaba e torcer também para que o novo governador, Rodrigo Rollemberg, consiga comandar e resolver os problemas deste navio afundando.

Feliz 2015!! Que Brasília volte a sorrir!