Cinema – Assisti Jurassic World!

No último dia 11 de junho, pude realizar um dos meus sonhos de infância; assistir um filme de Jurassic Park em tela grande nos cinemas. Já assisti todos os anteriores umas 50 vezes cada, mas só no DVD.
Bom, a expectativa era muito alta, pois o Jurassic Park 3 (2001) tinha sido uma continuação muito fraca. Logo no começo, ao apagar das luzes e o início da nova trilha, com o logo da Universal, confesso que quase escorreu uma lágrima do olho. (kkk) exageros a parte, o filme começa bem simples, como uma família que envia os filhos para visitar o “Jurassic World”, onde a tia deles trabalha.

O novo park é lindo, ultra moderno e caro. Os visuais são incríveis, mas o filme não mostra o mostra muito. As cenas se resumem praça central de visitantes, alguns laboratórios, sala de controle, heliporto, gaiola, monotrilho e os prédios hoteleiros, que aparecem sempre de longe.
O principal problema é a fuga do “item” novo dinossauro, que sai da sua área com inteligencia e começa a matar tudo que encontra pela frente. O novo bicho, criado pelo Dr. Wu, é uma misturas de várias espécies de DNA, e consegue até mesmo mudar de cor, dentre outras habilidades.

Masss neste filme acontece algo bem legal, existe uma visita ao antigo park, de Jurassic park 1. Não de propósito, mas por acidente, quando os irmãos estão fugindo do “Dinossauro modificado”. Esse é um dos momentos mais nostálgicos, pois se reconhece o local a partir da porta do antigo “Centro de Visitantes” do primeiro filme. Apesar do mato, até mesmo a faixa que caiu do teto em Jurassic Park 1, ainda estava no chão. Em meio ao abandono os garotos encontram uma garagem com 2 Jeep Wrangler Saara de 1992/93, originais do primeiro filme. Coisa mais linda do mundo esses carros! Anotado que é um dos meus sonhos ter um igual e com a mesma pintura!
Os meninos conseguem fazer funcionar um deles e os usam para fugir de volta para uma área segura.
Muita ação nas cenas com os Velociraptores, que estão em processo de adestramento. Eles ajudam a encontrar a fera que está solta e tem uma boa participação no filme. Aparecem dinossauros que nunca foram vistos nos outros filmes da franquia, como o Mosassauro (ou coisa parecida) um gigante aquático. Um passeio com dinossauros bebes para as crianças e uma das cenas mais ridículas, que é o show para alimentação do Tiranossauro Rex, com um bode e um sinalizador para chamar a atenção.

Os veículos, como nos Jurassic Park 1 e 2, são um show a parte. Em Jurassic World são da Mercedes. Neste filme eles são menos enfeitados, mas combinam bem com as cenas. De futurista mesmo só a Girosfera, uma bola de vidro usada para passeios entre os animais soltos. Uma delas é inclusive destruída pelo Indominus, o dinossauro que está a solta.

Jurassic World não tem o clima tão sombrio como os trailers mostravam, na verdade tudo se passa rápido e com muita ação. Há tiros, explosões e bichos atacando por todo lado. É um filme novo, que dos anteriores só traz o contexto histórico e algumas lembranças. O clima é totalmente diferente, é animado e jovial, visto que o park está em pleno funcionamento.
A trilha sonora é muito boa, tem novas melodias e acordes, fortes até e alguns traços da música clássica dos filmes Jurassic Park, que é inesquecível. Porém em alguns momentos ela parece estar mais rápida que a cena, mas isso não chega a detonar o filme.
Os personagens não tem profundidade no longa, nenhum deles, todos com problemas pessoais típicos ou ganância ou loucura pelo trabalho. O Masrani, dono do Park tem um espirito aventureiro mas seu fim…kkk não vou contar. Os principais são bem objetivos em suas ações. não se vê muita emoção em nenhum deles, apenas o garotinho que chora uma vez.
Os efeitos especiais são bons, mas na minha vista, achei que em alguns momentos as coisas ficaram artificiais demais. Existem muitos momentos cômicos. herança do diretor que fez uma comédia antes de trabalhar em Jurassic World, algumas piadas a gente vê em todos os 3 filmes anteriores, mas acho que nesse, elas foram um pouco exageradas ou sem necessidade.
Enfim, não vou contar o final, nem mesmo sei se gostei mesmo do filme (preciso assistir de novo). Mas é um bom filme, com muita ação e muito legal para as famílias assistirem juntas. Ele pode ser o primeiro filme para muitas crianças que não viram os anteriores. Fala-se em uma sequência!
Mesmo sem a minha opinião formada, Jurassic World já é sucesso  e bateu o recorde de estréia de Os Vingadores 2, passando dos 208 milhões de dólares.

Até a próxima!

Jeff na Web

Anúncios

Jurassic World – Novo trailer é divulgado no intervalo do Superbowl

Levante a mão o fan de Jurassic Park que esteja maluco com a chegada do novo filme “Jurassic World”? Eu! Eu!
O mais novo trailer, divulgado no intervalo do Superbowl nos EUA, revelou novas cenas do Filme. Podemos notar que haverá muita ação, principalmente em ataques de dinossauros contra pessoas, assim como os mesmos sendo caçados a tiros pela mata da Ilha Nublar.
Estou muito empolgado com esse filme, é meu compromisso certo em Junho, mas ando com um pé atrás a respeito dos efeitos especiais. Informações ja ditas pela produção do filme, dizem que as imagens do primeiro trailer, e creio que a deste último também, não são as finais, que muito elementos ainda estão em tratamento na produção final! Assim espero!! Não estraguem o filme!! Outra coisa que de certo ja está espetacular é a Trilha Sonora, envolvente e misteriosa será um dos destaques do longa.
Abaixo você pode assistir o mais novo trailer de “Jurassic World”
Jeff Lima

Jurassic World – Chega em Junho de 2015

Amém! Amém, se você é como eu, também deve estar muito feliz com a chegada de “Jurassic Word” o quarto filme da franquia Jurassic Park. Há muito tempo, sonho em assistir um novo filme, principalmente em um retorno a Ilha Nublar de Jurassic Park 1. Nas duas sequencias a ilha da história foi a Ilha Sorna, onde a Ingen fazia experimentos e criava os primeiros dinossauros. Talvez, a grande expectativa fica na visita, no retorno ao começo, ver os montes, as cercas, as instalações abandonadas ou novas! Como no caso de Jurassic Word. Eu achei o máximo, em O mundo Perdido – Jurassic Park, ver aqueles carros, equipamentos e coisas da Ingen enferrujando. Até mesmo porque Jurassic Park tem uma arquitetura muito particular, assim como o designer de tudo, desde o primeiro filme.

Falando em filmes, vamos relembrar:

Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros

John Hammond, é um velhinho bilionário que está a frente da Ingen, uma empresa que lida, entre outras coisas, com Engenharia Genética. Ele usa esse setor e descobre um meio para que possa recriar os dinossauros através de manipulação genética. Visto a possíbilidade ele arrenda uma ilha do governo Costa Riquenho (Ilha Nublar) e monta lá um grandioso Parque, com atrações nunca vistas e alta tecnologia. Em meio a visita, com seus netos, cientistas e paleontólogos, para a aprovação do parque, um acidente provocado pelo programador corrupto derruba o sonho de Hammond e provoca muitas mortes. Todos são evacuados da ilha e o destino do Parque dos Dinossauros fica incerto.
O filme foi um dos que mais arrecadou no cinema mundial e inovou em efeitos especiais e qualidade de produção. Mesmo sendo um filme do início dos anos 90, mas ja utilizando o melhor tecnologia possível, Jurassic Park permanece até hoje com uma excelente qualidade em tudo.
Não sei você, mas eu assisto o filme e olho muito para os detalhes. Jurassic Park é cheio deles, sejam em som, fotografia, design dos materiais, cenários incríveis e grandes efeitos de computação. Não canso de assistir!

O Mundo Perdido – Jurassic Park

Cerca de 4 anos depois do acidente na Ilha Nublar, a Ingen, empresa que criou o parque, passa por sérias dificuldades financeiras e John Hammond, manda uma expedição para um registro fotográfico completo de como os animais estão se desenvolvendo sozinhos e sem intervenção humana. O intuito era usar a preservação para que o controle da Ingen não saisse de suas mãos. Ele monta uma equipe, encabeçada por Ian Malcolm (Que esteve no filme 1) que aceitou a missão devido ao risco que sua namorada estaria correndo, por ja está na Ilha.
Descobre-se também que existem duas ilhas! E a ilha onde tudo acontece é uma que não aparece no primeiro filme. A Ilha Sorna, é onde a Ingen fazia experimentos e criava os animais antes de transporta-los para a ilha Nublar, onde ficava o parque.
O irmão do Hammond, também influente na Ingen, manda uma outra equipe, no sentido de capturar animais e leva-los para San Diego, onde já havia sido construída uma versão Urbana do Jurassic Park. Enquanto a primeira equipe queria preservar, a outra tinha como missão levar os bichos para trazer renda a empresa. Nesse meio tempo, depois do desembarque na ilha, a equipe de Ian, sofre acidentes, ataques de T-Rex entre outros, depois que salvam um filhote. Um dos pontos mais legais do filme, são os T-Rex macho e fêmea destruindo os trailers da equipe.
Após isso eles são salvos pela outra equipe e se unem para pedir resgate, indo a pé até um centro de comando. A partir daí é muita ação, gente sendo comida pelos pequenos e grandes dinossauros, discussões, a bela visão do prédio de comunicações, carros, restos, até que conseguem chamar por rádio o resgate.
O legal deste filme é que ele não acaba aí. Os mais gananciosos conseguem levar um T-Rex e o filhote para o continente, o bicho acaba fugindo e faz uma zona na cidade. Coube a Ian e a namorada darem um jeito de levar o grandão de volta ao barco para retorno a Ilha Sorna.

Jurassic Park 3

O terceiro filme é o mais sem graça da franquia. A história começa quando um garoto e o seu padrasto caem na Ilha Sorna, depois de um acidente com o barco que puxava o seu paraquedas (E ninguém viu até hoje que bicho atacou esse barco) Então os seu pais, utilizando algumas mentiras, conseguem alugar um avião e levar junto o paleontólogo Alan Grant, que esteve e presenciou os acidentes na Ilha Nublar (primeiro filme). O detalhe é que Grant nunca tinha estado naquela ilha.
O avião cai, após tentarem fugir de um dinossauro e eles ficam presos na ilha. Um grande problema acontece, quando Billy, parceiro de trabalho de Grant, pega alguns ovos de Velociraptor escondido. Ele queria levar pensando no valor que eles teriam para o financiamento das escavações.
O ruim, é que os Velociraptores são muito inteligentes e iniciam uma perseguição ao grupo para recuperar os ovos. A inteligencia dessa espécia é bem discutida no filme.
O pessoal da equipe de apoio é comido e o elenco principal todo se salva, com a ajuda de um telefone por satélite, que eles recuperam num monte de bosta gigante, que serviu para pedir ajudar à Dra Ellie (também esteve no primeiro filme) ex de Alan Grant, que envia os fuzileiros dos EUA para a Ilha.
O legal de Jurassic Park 3, é a visita de partes ainda não vistas da Ilha Sorna, como algumas jaulas, instalações de manipulação genética, a Administração de Embriões, e uma gaiola gigante onde eram tratados os dinossauros que voavam.

E agora…

Jurassic World.

Esperando uma continuação de Jurassic Park desde o terceiro filme! Mas desta vez, algo mais envolvente, que mostrasse alguma novidade! Um projeto que demorou anos para sair do papel e que finalmente foi realizado pela Universal. Em 2015, esperamos ver um novo e grande filme, que marque e seja de qualidade superior assim como os dois primeiros da franquia! A ansiedade ja está no ar, rumores e todo mundo ficando louco para a chegada aos cinemas!
Muitos anos depois do acidente na Ilha Nublar e com a Ingen em crise, O empresário rico pra po..a Simon Masrani (o sujeito da foto ao lado) dono da Masrani, uma empresa bilionária, que atua em diversos segmentos tecnológicos, como petróleo e comunicação, compra a Ingen em 1998 e faz um processo de reestruturação para a reabertura e remodelação do Jurassic Park.
Masrani completa a reconstrução da ilha em 2004 e desde a abertura do parque, sua empresa vem ganhando bilhões com o empreendimento.
É isso mesmo! Em Jurassic World, o parque na Ilha Nublar, está em funcionamento ja há algum tempo, com mais tecnologia, um novo design e recebendo visitantes. A Ingen foi mantida e seu lider agora é o Dr. Wu, aquele do olho puxado que aparece no Centro de Visitantes do primeiro filme da franquia.
O Dr. Wu agora é quem chefia a Ingen e seus projetos genéticos e também está ligado diretamente ao parque. Até o momento deste post (24 de Novembro de 2014) não se tem notícias de nenhum personagem antigo além de Wu. Também não sabemos como será o desenrolar da trama em Jurassic World. Algumas pessoas afirmam que eles terão problemas com uma espécie de dinossauro que irá provocar algum acidente na Ilha. Daqui a 3 dias vai sair o trailer oficial do filme, estou em contagem regressiva! Uma minúscula amostra foi dada com o Teaser, quase um trailer do trailer oficial no dia de hoje, e você pode assistir logo abaixo.
Eu espero que você tenha gostado do post, e se assim como eu, é um fan que ja viu umas 50 vezes cada filme da franquia, aparece aqui depois do lançamento do trailer! Vamos falar a respeito da nova aventura!! 🙂

ATUALIZAÇÃO 25/11/2014 A Universal adiantou o trailer!!!! Confira aqui