Trem Brasília para Goiânia – Por que não resolvemos o problema do transporte primeiro?

Uma das últimas notícias sobre transporte, é a conclusão de um estudo, e só esse já custou mais de 5 milhões de reais, sobre um trem para ligação entre as capitais Brasília e Goiânia. O “Expresso Pequi” – nome horroroso – visa estabelecer uma linha de trem de alta velocidade para a ligação destas cidades.
Esse projeto já não é novo, como tudo no Brasil que venha a beneficiar o povo, ele anda a passos de tartaruga. Mas convenhamos que antes de medir esforços em uma empreitada tão grande, por que raios o Governo de Brasília não resolve de vez a situação desde sempre precária do transporte na Capital? Ou ainda por que não busca implementar soluções que melhorem nosso trânsito?
Só ter uma frota renovada não resolve. Existem abusos contra o passageiro, horários ruins, linhas mal aproveitadas ou até linhas que deveriam existir, o aperfeiçoamento da bilhetagem e a melhoria da estrutura, como dos terminais, uma verdadeira modernização da Rodoviária do Plano Piloto. Falta uma integração de verdade, e por falar nisso, porque não terminam o Metrô?
São essas e muitas outras questões que devem ser observadas pelo atual governo. Com um transporte descente, perdemos menos tempo, esquentamos menos a cabeça e a qualidade de vida na capital pode ganhar uma mudança. Deve se pensar no que está perto e no que afeta diretamente a população.  Em nosso país, a maioria dos projetos grandiosos servem apenas para encher os olhos e não o orgulho da população.
Jeff Lima
Anúncios

Espanto | Governo aumenta tarifas para aumentar a arrecadação enquanto a Câmara…

Quando eu penso que as coisas já eram feias no governo Agnelo, vejo que é agora que a coisa vai desandar de vez. Em tentativa de poupar gastos, pois o cofre do Governo de Brasília tem mais buracos que a rua 10 de Vicente Pires, foram anunciadas algumas medidas para aumentar a arrecadação. Abaixo você pode se assustar, assim como eu, com mudanças que vão afetar diretamente a população;
Já vou antecipar que a confusão vai ser feia. Isso porque as medidas, principalmente as de transporte vão começar a valer a partir do próximo domingo. Mais que um absurdo, mexer nessas tarifas é um desrespeito com os moradores do DF. Agora para eu ir de casa ao centro da Ceilândia, devo desembolsar quase o valor da passagem que me levava ao Guará? Quem fez estás contas deve andar todo dia de motorista em carrinho preto pago pelos nossos impostos.
Meu ponto é; se tem que arrecadar mais e cortar gastos para tentar sair do buraco, porque o Governo não tentar usar outras vias? Talvez esteja difícil achar um caminho e isso é claro e em grande parte causado pela má vontade, interesses particulares e preguiça dos deputados que fingem trabalhar na nossa Câmara Legislativa.
A Câmara Legislativa do DF adora um gasto. Exemplos disso são as verbas gordas por deputado, os gastos com manutenção e para ilustrar, um outro que soube e achei bem exótico; o gasto de milhões de reais todo ano com correspondências em plena a era digital. Nossos “queridos” deputados tem assessores que não sabem mandar e-mail! Ora…ora…ora… é de rir para não chorar.
O fato é que a população está descontente, a maioria será prejudicada por essas medidas e já está demonstrando via redes sociais. No print abaixo você pode notar a posição do Governo de Brasília quanto aos questionamentos no Facebook. Entre as respostas, a de que a muito tempo não havia reajustes para as tarifas de passagens e ao cobrar uma possível redução nas verbas e salários dos deputados, se eximem, pois o governo é Executivo e eles do Legislativo. kkkkkk, Temos que rir.
Nossa Câmara, que prioriza as relações entre os grupinhos, aquele velho jogo de interesses, esquece rotineiramente de quem os elegeu. Depois eles aparecem com caras de santinhos pedindo voto. Eita vida boa ein. Vamos trabalhar! Ta faltando ação, ambos os poderes tem que procurar e realizar ações de impacto real, afim de ajudar o DF. Ficar fazendo sessão só pra falar e falar… isso qualquer Câmara faz. Cadê o trabalho? Cadê o empenho?
Para registro, mandei mensagem via Facebook lá no mural da CL. Enquanto o página do governo está pipocando, mesmo com essas medidas malucas, a da Câmara parecia pertencer a um mundo perfeito, sem crises e trabalhos pra fazer.
Cobrando! Vai que eles me respondem…
Para encerrar esse post… Governo de Brasília, se é para aumentar as tarifas de metrô e ônibus, que estes serviços melhorem, que cumpram os horários, que exista mais educação! Que eu possa pegar um ônibus na madrugada, que o metrô amplie o horário de funcionamento. Não da para cobrar se não melhorar. Não adianta forçar o preço na goela do povo, se não temos um serviço eficiente.
E vamos trabalhar porque a vida do cidadão brasiliense ta ficando difícil.

Agnelo | Ex governador afirma que sua gestão ainda será reconhecida… Que coisa ein!

Sem dúvida existem muitos malucos em Brasília, eu até me considero meio maluco, mas no meio político um recordista histórico é o graças a Deus, ex governador Agnelo Queiroz.
Depois das suas férias e de atestados prolongados, passeios por Miami e etc, a criatura voltou ao DF para dar explicações sobre o caos que era a sua gestão. Todos somos testemunhas dos rombos que vão desde o escandaloso Estádio Nacional até a falta de pagamento de servidores da saúde, lembrando que Agnelo é médico, e o mais clássico, o matagal que crescia por toda a cidade.
Cheio de assessores e pilhas de papel com números, Agnelo chega para tentar se explicar e afirma que fez um bom governo. Ora! Ora! Agnelinho, foi tão bom, que a população não quer te ver nem banhado a ouro. Veja na matéria do Correio
Mesmo assim, Agnelo afirma que um dia “O seu governo ainda será reconhecido”…Uai e já foi, o Governo Agnelo é reconhecido oficialmente como um dos piores que já tivemos. E devemos lembrar que a zona não era só no Gabinete do Governador. Se fizeram de cegos e deixaram muita coisa ruim acontecer, a nossa Câmara Legislativa, o Tribunal de Contas entre outros, que deveriam estar reprimindo o caos e que só vieram se manifestar depois que o governo do Agnelinho acabou.

Bora tomar vergonha pessoal! Pra frente Brasília!

Jeff Lima DF

DF | Gravação revela jogo de interesses e deputados querem minimizar o assunto

A área da política no Brasil já é uma coisa que decepciona e muito os cidadãos. E quando isso ocorre dentro do nosso quintal, vemos que tudo pode ser ainda pior.
Vazou na internet estes dias, um áudio de uma conversa que foi realizada em maio no Gabinete do Governador. Nela os envolvidos estão discutindo a divisão de cargos, apoio e troca de favores. No trecho bem cínico da conversa, o Deputado Juarezão, fala sobre ter um cargo ou poder colocar alguém e em outro a Presidente da Câmara Celina Leão fala da necessidade de ter algum deputado alí coladinho na base e etc. O que nos leva claramente a entender que as coisas no DF não andam porque cada Deputado quer uma fatia na frente do Governo, cargos de puro interesse ou próprio favorecimento, pois parecem que não estão contentes em terem sido “eleitos” apenas para legislar.
A ganância é tanta para ter um pouco a mais que eles esquecem de trabalhar. Como a relação entre a câmara e o Governo de Brasília não vai bem, a turma adia votações importantes e derruba outras. Leis ou emendas como a que previa a redução de Secretarias. Coisa que seria boa para o geral, mais para aqueles 20 poucos que foram eleitos para defender nosso interesse, não é bom. E o povo oh…!
O que provoca ainda mais meu aborrecimento, é a cara cínica dos deputados quando vão falar do caso e ainda a atitude sem vergonha de desviar todo o assunto, que é muito grave, apenas para a questão do “vazamento” do áudio e não do seu “conteúdo“.
Querem se fingir de santos e desviarem do real problema. O corrupção e o jogo de interesses é alto dentro do DF. Principalmente ali na Câmara. A mania de querer mais e mais e esquecer de trabalhar no que realmente importa.
Eu espero que quem gravou o áudio libere ainda mais. Chega de tanta canalhice!
Jeff Lima / Coluna do Jeff

Cadê – Onde está Rodrigo Rollemberg

foto: Rodrigo Castro
Como fui treinado, e muito bem treinado a desenvolver meu lado crítico e analítico, graças a excelente educação Centro de Ensino Médio 9 da Ceilândia, anos atrás aprendi a notar certas coisas e enxergar algumas outras que o povão deixa passar.
Muito bem, paira na minha cabeça o porque da falta de presença do Governador eleito por falta de opção, Rodrigo Rollemberg. Durante a campanha ele fez aquele percurso óbvio de fazer reuniões, beijar as criancinhas e tudo mais.
Depois que assumiu o cargo se deparou com um DF totalmente deteriorado na área econômica e nos serviços públicos. O dinheiro sumiu, Agnelo foi pra Miami etc…etc.
Bom o ano já está na metade e ainda não deu pra sentir a mão firme de alguém no comando do GDF, agora chamado apenas de Governo de Brasília, acho que virou GB. hehe. Descobrem-se problemas todos os dias, apenas porque querem, pois são os mesmo de anos, agora piorados pelo governo anterior.
Falam por aí, Governador esteve em reunião com não sei quem, a Câmara Legislativa vai fazer visita nas satélites (lembrei de um tempinho atrás, os eleitos comendo pastel na Viçosa, só sorrisos amarelos) e no fim, gasta-se e ninguém vê nada!
Mas o post é para perguntar, CADÊ? cadê o Governador. Ele pode estar despachando numa mesa ou ainda naquelas notas do site do governo, mas não sentimos a presença. Que ele vá a rua! Se mostre! Vá ao Balanço Geral da vida. Mas nem isso, se acontece é lá uma vez na vida.
Ai deixam os problemas tomarem conta. Asfalto de má qualidade onde alguém embolsou o dinheiro, greves, o controle falho da violência e muitas outras situações. Esses fatos já estão maiores que a presença do governo, quando era o governo quem deveria aparecer mais, com medidas e realizações.
As vezes vejo apenas o vice governador Renato Santana, quando alguém cai num buraco ali, a água um do outro lado ou algum matagal. Tudo muito localizado e sem efeito geral.
Vamos acordar GDF, ops! Governo de Brasília.
O povo precisa ver a diferença e não a mesmice.
Jeff Lima
Jeff Lima – Coluna do Jeff

Feliz Ano Novo! Adeus Agnelo!

image

Acabou 2014 e acabou também um dos governos mais irresponsáveis que Brasília ja teve em toda a sua história.
Agnelo Queiroz, que comandou o GDF com as mãos tortas, foi incapaz de gerenciar com sucesso os setores públicos do Distrito Federal. A Capital Nacional foi ridicularizada várias vezes em rede nacional pelos escândalos, greves nos transportes, greves na saúde, na educação e na segurança. Os últimos anos de governo foram marcados pela subida no nível de criminalidade, mascarado pela Secretaria de Segurança e assessoria do GDF. A saúde (e olha que Agnelo é médico) se tornou um caos, chegando ao ponto de faltar remédio e equipamentos na rede pública.

Nos últimos meses do ano Brasília se tornou a capital do mato, da sujeira e essa situação foi acompanhada pelos rombos monetários.
O dinheiro sumiu, servidores públicos ficaram sem pagamento, créches fecharam e faltou até comida em hospitais.

Foi tudo muito grave. Agnelo, com uma cara de bode, soltou esses dias que havia pago todos os servidores, eu conheço alguns que nunca receberam. Promessas não cumpridas, obras inacabadas e mal uso do dinheiro público foram as marcas do governo Agnelo.

A burrice no comando é tanta, que para realizar a festa de Reveillón na Esplanada, o GDF desviou fundos da Educação e Limpeza pública. As lixeiras estão cheias por toda a cidade, o que evidencia a falta de zelo com todo o DF.

Se fosse uma novela, a falta de pulso, de estratégia e organização dariam uma boa comédia, pois um drama ja seria demais para a população aguentar.
Digamos amém ao fim da canalhice que foi o governo Agnelo. Pouquíssimas mudanças em meio ao mar de desperdícios e descontroles. Eu vou torcer e muito para a abertura de uma investigação em todas as contas do governo que acaba e torcer também para que o novo governador, Rodrigo Rollemberg, consiga comandar e resolver os problemas deste navio afundando.

Feliz 2015!! Que Brasília volte a sorrir!

Enquanto isso em Brasília… o mato cresce

image

A foto é da Quadra 714 Sul, mas é uma amostra do que está bem visível por todas as cidades do DF. Atualmente o governo passa por uma gravíssima crise financeira, graças a ridícula administração pública feita pelo governador Agnelo Queiroz. Estamos nos aproximando do fim de 2014 e são constantes as greves em vários setores públicos. Transporte, educação, manutenção e saúde estão sofrendo por falta de pagamentos. Várias creches estão fechadas, professores em paralisação, a cidade está um caos.

Vale lembrar que Agnelo adorava falar em” arrumar a casa” e no entanto, vai deixar o governo numa situação extremamente ruim, com contas que não fecham e um saldo de dívidas que já está passando de 2 Bilhões de reais. A coisa está feia e o governador não se atreve a sair da toca. Foge dos repórteres com um vampiro corre do sol e o mais irônico é que ainda foi candidato a reeleição. Pobre inocente. (Apenas ironia, pois de inocente não tem nada).

Não fosse toda a calamidade de um governo que quebrou Brasília e deve entrar para os livros com o pior da história, um novo símbolo natural está aí nas ruas para nos lembrar! O mato! Exatamente, o mato.

E descaso já chegou a manutenção da cidade e agora podemos ver surgirem verdadeiras florestas em pleno Plano Piloto. Nas satélites a coisa é ainda mais selvagem. O capim alto, misturado a sujeira, prolifera animais e insetos, criando novos ecossistemas em cada esquina.
Do jeito que o GDF (Governo do Distrito Federal) tá sem verba até para a tradicional iluminação de Natal, é melhor inventarem mais uma secretaria, a SSDF – Secretaria de Safáris do Distrito Federal, e tentar ganhar algum, mostrando os matagais da cidade aos turistas!

A coisa está muito feia para os cidadãos do DF, temos que rir e aguentar os descasos diariamente. Rir porque todo dia é uma novidade. Agnelo deveria vir a público em vez de se esconder e pedir desculpas a população pelo desastre que ele orquestrou, como de certo ele não irá fazer, deve está a essa altura pensando na inauguração do novo Centro Administrativo. Uma obra que já está sob investigação, por ter sido feita atropelando alguns processos públicos e urbanísticos que vai congestionar a parte norte da cidade de Taguatinga.

Foi um governo feito de poucas melhorias, gastos exorbitantes e irresponsabilidade com o contribuinte.

Desejo sorte ao próximo governador, Rodrigo Rollemberg, pois a batata já não está mais quente, ela queimou e já está em chamas.

Jeff Lima (Cidadão do DF)